riomar melo prosa e verso
Você é o que você faz, não o que você fala.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
Perfil
 
 






Não me considero um poeta,estou mais para um sonetista. Meus sonetos são ecléticos, não são fictícios, não crio personagens porque o personagem destes dramas sou eu. Pode ser você também com aqueles com os quais encontres uma identificação. Fique à vontade, é uma honra recebê-lo na minha humilde página. Leia, fale, comente, critique ou elogie mas de uma maneira sincera, clara, desinteressada. Sua censura ou crítica, calcada no bom senso, me servirá de estímulo.


Muito obrigado
 






"O soneto é para mim tudo aquilo que complementa a alma do verdadeiro poeta. "Todo sonetista é um poeta,mas nem todo poeta é um sonetista." Palavras que ouvi do grande poeta e sonetista Luna Fernandes. Palavras  que me soaram como um tremendo desafio. Eu tinha que aprender a compor sonetos respeitando as suas regras,sua essência e sua musicalidade."


Tulio Rodrigues




Qual brisa amena que afaga
a fronde dos carnaubais
quando o gao faz silêncio
na vigilia dos currais,
que estes versos espalhem
de fé seus mananciais
pelas quebradas e grotas,
por ermos e capitais
do Oiapoque ao Chui,
dos pampas aos seringais.

     riomar melo