riomar melo prosa e verso
O tempo não pára no porto,não apita na curva,não espera ninguém.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos
Título Categoria Data Leituras
No mesmo dia Sonetos 10:15 2
Falta de opção Sonetos 09:17 5
Meu amigo Sonetos 07:16 2
Faz e desfaz Sonetos 01:31 3
Metade Letras de Música 17/10/18 6
Cisma do gato Sonetos 17/10/18 7
Poderia Sonetos 17/10/18 9
Desprezo Sonetos 17/10/18 10
Velha senhora Sonetos 17/10/18 9
A quem interessar Sonetos 17/10/18 11
Um repentista Prosa Poética 17/10/18 5
Pelas frestas do passado Sonetos 17/10/18 7
Planos de Saúde Sonetos 17/10/18 8
Pimenta Sonetos 17/10/18 4
Pires de luxo Sonetos 17/10/18 5
À dona de um coque Sonetos 17/10/18 7
O menino poeta Prosa Poética 17/10/18 3
Coisas que me marcaram Sonetos 17/10/18 5
Boca santa Humor 16/10/18 11
Com decência Sonetos 16/10/18 9
Página 1 de 410 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]